quinta-feira, 2 de agosto de 2012

iZombie #28

E termina assim a simpática série escrita por Chris Roberson e ilustrada de forma sublime num estilo pop reminiscente dos anos 60 por Michael Allred. Tem um final deveras cósmico, com a zombie mais simpática de sempre a ter de devorar o cérebro de uma entidade cósmica alienígena. Braaaaaaaaains acabou de ter mais um significado. O comic fica para a história como um dos melhores e mais despretensiosos da actualidade. E também dos mais inteligentes, com uma curiosa linha narrativa que envolvia um lobisomem (bem, wereterrier no original) e a história de amor com um jovem louraço que era regularmente controlado pelo espírito de um combatente pulp do crime. Neste último número dizemos adeus a um elenco que incluía uma fantasma presa nos anos 60, vampiras sexy, zombies agentes de serviços secretos, monstros de frankenstein adolescentes e um chimpanzé falador amante de charutos e whisky.

Sem comentários: