sábado, 28 de janeiro de 2017

Erínias


As máscaras da peça As Fúrias ou de Como o Pai Venceu a Mãe, uma fortíssima versão de Fernanda Lapa a partir de As Eumenides de Ésquilo, em cena no espaço Escola de Mulheres até 31 de janeiro. Recomenda-se, com o arrepio que textos de múltiplos sentidos com mais de dois mil anos nos fazem sentir ao mostrar-se tão actuais. E as erínias são particularmente arrepiantes.




Manhã de inverno em S. Julião.


Despojos de automobilismos passados, à beira da estrada nacional 8 entre Alcainça e Malveira.

Sem comentários: