terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Captain Marvel by Jim Starlin: The Complete Collection




Jim Starlin (2016).  Captain Marvel by Jim Starlin: The Complete Collection. Nova Iorque: Marvel Comics.

A obra de Jim Starlin sempre se caracterizou pela ponte que estabeleceu entre dois géneros, o comic de super-heróis e a FC space opera. Captain Marvel foi talvez a série marcante que projectou esta mistura inesperada, que o argumentista e ilustrador viria a explorar, mais livre de constrangimentos, em Dreadstar, Warlock, épocas à frente de Silver Surfer e mais recentemente na temporada inicial de Stormwatch na DC Comics.

Este volume reúne as histórias que, colectivamente, formam a saga de Marvel no combate a Thanos, o mais inquestionável vilão do universo Marvel. Distinguem-se pela capacidade de Starlin em ultrapassar os limites conceptuais dos comics. Com ele, os personagens são mais do que criaturas musculadas em constantes combates lineares. Culturas alienígenas, aventuras interplanetárias, frotas espaciais em combate, e especialmente um sentimento quase psicadélico do cosmos, de espanto pela sua vastidão e maravilhas que poderá encerrar. Mar-Vell, militar da espécie alienigena dos Kree, apaixona-se pela Terra e utiliza os seus poderes para a defender de ameaças cósmicas, das quais Thanos é a mais complexa. No seu lado mais simplista, estas são histórias elementares onde os heróis combatem contra as acções do vilão, com a linearidade dual que se espera do género, mas a sensação abrangente de algo maior, de sentimento cósmico, é constantemente introduzida por Starlin nas linhas narrativas. A saga encerra em nota triste, com a morte do personagem, evento à época inédito na linha editorial dos comics e explorado pela editora na sua primeira novela gráfica. Starlin mostra a morte de um super-herói fragilizado pelo cancro. Morte nos comics raramente é totalmente terminal, mas sublinhe-se que se o nome deste personagem tem sido utilizado por outros, o capitão Marvel original nunca foi ressuscitado em enredos convolutos que reescrevem décadas de histórias admiradas pelos fãs.

Sem comentários: