terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

One Week in the Library


Maxwell Prince, John Amor, Kathryn Layno (2016). One Week in the Library. Berkeley: Image Comics.

No que toca a bibliotecários ficcionais de banda desenhada, devo confessar a minha predilecção por Lucien, o guardador da biblioteca de livros sonhados, intuídos, imaginados mas nunca escritos, de The Sandman. Este não lhe fica muito atrás, no entanto.

Um bibliotecário sem memória do mundo exterior, se é que existe tal coisa como mundo exterior. Uma biblioteca cuja estrutura organizativa é insondável e cujos livros se manifestam, impositivos. Onde, por vezes, as personagens tentam a fuga das histórias a que se sentem aprisionadas. Uma pequena biblioteca de Babel do fantástico, mantida por um personagem que, no final, se descobre ser uma projecção dos anseios e neuroses de um argumentista que prefere quebrar a parede entre o real e o imaginário do que terminar a história. Uma simpática banda desenhada sobre o amor ao mundo fantástico dos livros, com um traço a condizer.

Sem comentários: