segunda-feira, 3 de abril de 2017

Artigo 50
























Há uma certa amargura em calcorrear as ruas de Londres nos dias em que o governo britânico invocou o artigo 50 do tratado de Lisboa. Brexit à parte, saí profundamente apaixonado por esta capital de um império desvanecido, cadilho multicultural, onde a arquitectura reflete os séculos e a hipermodernidade, onde nos sentimos num estado de fluxo imparável. É para regressar, para voltar a sentir o pulsar desta cidade, e até porque esta visita foi em acompanhamento de alunos do AE Venda do Pinheiro, ficando de fora a peregrinação à Forbidden Planet.

Sem comentários: