terça-feira, 5 de setembro de 2017

Strange Dogs


James S.A. Corey (2017): Strange Dogs: An Expanse Novella. Nova Iorque: Orbit.

A dupla de autores responsável pela viciante série Expanse tem uma estratégia muito clara com estas pequenas novelas. Mantém o interesse dos fãs da série desperto entre cada novo romance, e permite-lhes explorar detalhes narrativos ou o passado de personagens, algo que não cabe dentro da estrutura bem desenhada dos romances. Este leva-nos um pouco mais longe, e parece servir como prenúncio do que virá nos próximos livros. Strange Dogs mergulha-nos em Laconia, um dos planetas alienígenas habitáveis em processo de colonização e aquele que, pelo que percebemos em Babylon's Ashes, cujos colonos militarizados terão algo a dizer na turbulência que afecta o sistema solar após os ataques devastadores da facção de belters que quase aniquilou a Terra.

Neste pequeno conto, seguimos a interação de uma jovem, filha de cientistas transformados em colonos após os eventos cataclísmicos de Nemesis Game, com as formas de vida alienígena do planeta. Uma em especial parece ter a capacidade de devolver criaturas mortas à vida, mesmo as que lhe são profundamente estranhas, como os humanos. Com isto, os autores aproveitam para aprofundar a história dos militares colonizadores do sistema Laconia, os sentimentos dos filhos dos colonos para quem a herança terrestre é distante e incompreensível, e a interação entre formas de vida potencialmente incompatíveis entre si. Uma leitura curta, a recordar o apetite leitor para Persepolis Rising, com edição prevista para dezembro de 2017.

Sem comentários: